Um caminho espiritual

Uma busca pela qual todo Ser Humano, em algum momento, em algum lugar, em alguma altura, passa.

Aprendizagem

Auto-conhecimento, aumento da consciência, auto-ajuda, despertar, evolução espiritual ou desenvolvimento da espiritualidade.

Intenção e Intuição

A intuição é nossa capacidade de perceber e sentir o que é certo para nós. É a voz do coração.

A Energia

Uma viagem de FELICIDADE, HARMONIA, PAZ num caminho de Luz e de Amor Incondicional.

Exercícios e Meditação

Chakras: os nossos portões celestiais.

30 de novembro de 2011

Crianças Índigo

 
Começaram a “aparecer” no final da década de 40, em pequena escala. Reapareceram, calmamente e de forma discreta, no início da década de 80, quase sem se fazerem sentir. Mais e mais, como uma legião de cor azul… índigo!

O nome "Crianças Índigo" foi primeiro inventado por Nancy Tappe que escreveu sobre os Índigos em seu livro "Compreendendo a sua Vida através da Cor", que foi publicado em 1982. A cor predominante da aura ou campo de energia da Criança Índigo é a cor índigo. Esta cor é indicativo do Chakra do Terceiro Olho, o centro de energia da intuição e da actividade psíquica, que se acredita estar todo aberto nas Crianças Índigo.

As crianças Índigo são crianças especiais que "decidiram" nascer neste momento no nosso planeta com uma missão e objectivo: mudar a consciência da humanidade! São consciências evoluídas e inteligentes que poderiam ter nascido só daqui a 100 anos, mas resolveram vir antes para abrir os caminhos e ajudar nas mudanças planetárias. Apresentam um temperamento forte, determinado e são, normalmente, lideres que não aceitam autoritarismo. Apresentam comportamentos de difícil integração e dificuldade de relacionamento. Todo ser vivo possuiu energia vital, contudo estas crianças, apresentam-na levemente azulada.

São como catalisadores para desencadear as reações necessárias para as transformações. Elas possuem uma estrutura cerebral diferente no que toca ao uso de potencialidades dos hemisférios esquerdo (menos) e direito (mais). Isso quer dizer que elas vão além do plano intelectual, sendo que no plano comportamental está o foco do seu brilho. Elas exigem um ambiente com determinadas características, que não são comuns ou autênticas nas sociedades atuais.

Para que vieram - para destituir dois paradigmas da humanidade:

1. diminuir o distanciamento entre o PENSAR e o AGIR. Hoje na nossa sociedade todos sabem o que é certo ou errado. No entanto, agimos diferentemente do que pensamos. Dessa maneira, estas crianças vão nos induzir a diminuir este distanciamento gerando assim uma sociedade mais autêntica, transparente, verdadeira, com maior confiança nos inter-relacionamentos.

2. mudar o foco do EU para o PRÓXIMO, inicialmente a partir do restabelecimento da autenticidade e confiança da humanidade, que são pré-requisitos para que possamos respeitar e considerar mais o PRÓXIMO do que a nós mesmos. Como consequência, teremos a diminuição do Egoísmo, da Inveja, das Exclusões, resultando em maior solidariedade e partilha.

Através do questionamento e transformação de todas as entidades rígidas que as circundam, começando pela família, que hoje se baseia na imposição de regras, sem tempo de dedicação,  autenticidade, sem explicações, sem informação, sem escolha e sem negociação, estas crianças não respondem a estruturas rígidas porque para elas é imprescindível haver opções, relações verdadeiras e muita negociação. Elas não aceitam serem enganadas, porque têm uma "intuição" que as faz perceber as verdadeiras intenções. Intimidá-las não traz resultado, porque elas sempre encontrarão uma maneira de obter a verdade. Elas percebem as verdadeiras intenções e as fraquezas dos adultos.

A segunda entidade vulnerável à acção dos Índigos é a Escola. Hoje o modelo de ensino é sempre imposto sem muita interação, sem escutar e sem a participação dos estudantes. Este modelo torna-se incompatível com os Índigos, sendo, portanto o pior conflito, muitas vezes superior ao existente com a família, principalmente pela falta de vínculos afetivos ou amor. Como elas possuem uma estrutura mental diferente, resolvem problemas conhecidos de uma maneira diferente, além de encontrar formas diferentes de raciocínio que abalam o modelo atual de ensino. Assim, através do questionamento, elas influenciarão todas as demais entidades, tais como: Mercado de Trabalho, Cidadania, Relações Interpessoais, Relações Amorosas e Instituições Espirituais, pois elas são essencialmente dirigidas pelo hemisfério direito.

Infelizmente, a missão dos Índigos é muito difícil, pois eles sofrerão a rejeição de alguns membros da nossa sociedade. Antes dos anos 80, os Índigos morriam muito cedo porque a frequência de energia do planeta não era favorável à deles. Depois, com uma nova frequência e com um montante maior de crianças, eles começaram a causar transformações maravilhosas no nosso planeta e em breve, após uma geração, nós perceberemos claramente as modificações.

Os Índigo geralmente desmotivam-se na escola com tarefas repetitivas, enfadonhas. São hiper-activos, têm muita energia e sensibilidade, não conseguem ficar quietos a menos que algo lhes interesse realmente. São atraídos e realizam-se em actividades artísticas: música, teatro, escrita, espiritualidade, pintura…

Abaixo alguns dos padrões de comportamento mais comuns em crianças índigo:

- vêm ao mundo com um sentimento de realeza e frequentemente agem desta forma;
- têm um sentimento de "desejar estar aqui" e ficam surpresas quando os outros não compartilham isso;
- têm dificuldades com autoridade absoluta sem explicações e escolha;
- esperarem quietas é difícil para elas;
- tornam-se em pessoas frustradas com sistemas ritualmente orientados e que não necessitam de pensamento criativo;
- encontram sempre uma melhor forma de fazerem as coisas, tanto em casa como na escola, o que as fazem parecer como questionadores de sistema (inconformistas com qualquer sistema);
- parecem anti-sociais, a menos que estejam com outras do mesmo tipo. Se não existem outras crianças com o nível de consciência semelhante em volta, elas tornam-se introvertidas, sentindo-se como se ninguém as entendesse;
- não respondem à pressão por culpa;
- Apresentam alguns problemas de concentração e atenção (Sintomas de Desordem de falta de Atenção. Podem apresentar problemas para se concentrarem nas suas tarefas. Podem saltar de tema nas conversas (palestras, dissertações, etc.);
 - Têm uma uma profunda intolerância pela estupidez;
 - São muito intuitivos, muito criativos e desfrutam fazendo coisas, mesmo que espalhem tudo à sua volta como um caos, sentem-se bem assim...mesmo que os outros reclamem da desordem;
 - É difícil para eles fazerem um trabalho repetitivo e obrigatório;
- Vivem em constante mudança e têm, ainda hoje, problemas com a autoridade;
- Aprendem rapidamente e quando acham que já sabem o suficiente aborrecem-se e desinteressam-se pelos assuntos;
 - Na escola parecia que tinham “picos” e não paravam quietos, quando a matéria não lhes interessava, não lhe servia para nada ou achavam que já sabiam o suficiente sobre o assunto;
 - extremamente sensíveis, ou emocionalmente instáveis, chorando ao mínimo motivo (sem protecção). Ou podem mostrar uma certa falta de emoção (protecção completa);
 - Por vezes revoltam-se com certas coisas ou pessoas, parecendo que têm problemas com de raiva;
 - Sentem uma verdadeira irritação e ira quando privam dos seus direitos e detestam que os observem ou controlem os seus passos, ficam irritados quando alguém está sempre a observá-los e a criticá-los;
 - Procuram o significado da vida e sentem uma vontade grande de mudar ou até melhorar o mundo aderindo, por vezes, à espiritualidade, a alguma religião ou a grupos ou livros de auto-ajuda;
 - Tiveram alguma experiência psíquica, premonições (ver anjos, seres extra físicos, fantasmas...) experiências fora do corpo, ouvir ruídos ou vozes, etc.;
- São muito expressivos sexualmente, mas também podem recusar a sexualidade por aborrecimento ou para conseguirem uma ligação espiritual mais elevada.

Existem quatro tipos diferentes de Índigos e cada um tem uma proposta:

1 - Humanista: o que vai trabalhar com as massas. Eles serão os futuros médicos, advogados, professores, vendedores, executivos e políticos. Vão servir as massas e são hiperativos. São extremamente sociais. Conversam imenso e fazem amizade facilmente. Não sabem brincar com apenas um brinquedo. Ao invés disso, trazem todos para fora e espalham-nos. Às vezes, apesar disso, acabam por não tocarem neles. São do tipo que têm que ser permanentemente lembrados pois esquecem-se das ordens simples e distraem-se. Por exemplo, pede-lhes para eles arrumarem o quarto. Eles começam a arrumar e de repente encontram um livro e começam a ler, porque são leitores ferozes.

2. Conceitual: estão mais para projetos do que para pessoas. Serão os futuros engenheiros, arquitetos, projetistas, astronautas, pilotos e oficiais militares. Eles não são desajeitados, ao contrário, são bem atléticos como crianças. Têm um ar de controle e a pessoa que eles tentam controlar, na maioria das vezes, é a mãe se são meninos. As meninas tentam controlar os pais. Se eles são impedidos de fazer isso, cria-se um grande problema. Este tipo de Índigo tem tendência para outras inclinações, especialmente as drogas na puberdade. Os pais precisam de observar bem o padrão de comportamento dessas crianças quando elas começarem a esconder ou a dizer coisas tais como, "Não entrem no meu quarto": é exatamente quando os pais precisam se aproximar mais.

3. Artista: Este tipo de Índigo é muito mais sensível e está fortemente ligado às artes. Eles são criativos e serão os futuros professores e artistas. Em qualquer campo que eles se dediquem, será sempre pelo lado criativo. Se eles entrarem na medicina, eles serão cirurgiões ou investigadores. O Índigo Artista pode trabalhar com até 5 instrumentos diferentes e então, quando eles entrarem na puberdade, escolherão um campo em que se quererão especializar.

4. Interdimensional: O Índigo Interdimensional é muito maior do que os demais Índigos, do ponto de vista de estatura. Entre 1 e 2 anos de idade já sabem tudo e pensam que podem fazer tudo sozinhos. Eles serão os que trarão novas filosofias e espiritualidade para o mundo. Podem ser mais valentes, porque são muito maiores e também porque não se encaixam no padrão dos outros três tipos.

Problemas que os Índigos podem experimentar

Existem atributos positivos nas Crianças Índigo, mas existem também três complicações em particular:

- Elas demandam mais atenção e sentem que a vida é muito preciosa para a deixar escapar. Querem que as coisas aconteçam e forçam situações para realizarem o desejado. Os pais facilmente caem em armadilhas de fazer para a criança ao invés de desempenhar um papel na modelagem ou no compartilhamento. Uma vez que aconteça, os pais serão apenas fantoches.

- Estes emissários podem tornar-se emocionalmente irritados para com pessoas que não entendam o fenómeno Índigo. Eles não podem compreender porque é que as pessoas operam em modalidades que não sejam baseadas no amor. Porém, elas são extremamente resistentes e hábeis para ajudar crianças carentes, embora esta ajuda seja frequentemente rejeitada. Quando jovens, eles podem ter problemas de ajustamento com outras crianças.

- As Crianças Índigo são frequentemente tituladas como tendo ADD (Attention Deficit Disorder) ou alguma forma de hiperatividade. Em muitos casos são tratados com química quando deveriam ser tratados de forma diferente.

O que podemos fazer?

Estas crianças estão aqui para nos ajudar na transformação do mundo. Portanto, nós precisamos aprender com elas, principalmente escutando-as e observando-as. Não obstante, estamos relacionando algumas regras básicas que precisamos observar para não tolhermos o brilho dessas crianças:

- Trate os Índigos com respeito.
- Ajude-os a criar as suas próprias soluções disciplinadas.
- Deixe-os ter a escolha.
- Nunca os diminua, nunca.
- Sempre que lhes dê instruções, explique o porquê. A honestidade vencerá como nunca antes. Eles vão pensar sobre isso e acatarão.
- Faça deles um parceiro no relacionamento.
- Evite crítica negativa. Não os faça simplesmente realizar, mas permita que eles façam com encorajamento.
- Deixe que eles decidam suas áreas de interesse. Não os force a entrar em algum ofício familiar ou em algum tipo de negócio, porque isso é que a família vem desempenhando por gerações. Estas não serão seguidores disso.

As Crianças Índigo encarnaram neste tempo por uma razão muito sagrada: para introduzir uma nova sociedade baseada em honestidade, cooperação e amor.

Estes seres especiais sabem que não vieram para ser compreendidos, mas para compreender e ajudar neste momento crucial de transformação da humanidade. Portanto chegou o momento de derrubarmos velhos paradigma, honrando esses “seres de nariz empinado” como presentes, em vez de os vermos como problemas…respeitando-os, ajudando-os a cumprir a sua missão, aprendendo com eles, escutando-os, amando-os.

É hora de abrirmos os corações à grande sabedoria que eles trazem e quando mudarmos de atitude eles também alterarão seus comportamentos, porque eles não são mais do que espelhos da sociedade em que estão inseridos!

Mestres Ascensos


Os Mestres Ascensos são uma hierarquia superior, é um ser que atingiu um nível suficientemente elevado de compreensão e consciência espiritual. Eles são capazes de permanecer no plano terrestre por opção e não por necessidade. Alguns Mestres Ascensos retornam para instruir e para compartilhar. Estes têm a característica particular de se envolverem sempre, nas suas funções, com a Humanidade. Diferentes dos deuses e dos anjos, são entidades que foram humanos e que trouxeram uma mensagem Divina, tendo sido reconhecidos como os “Enviados”. Depois de deixaram o plano físico, estes Seres continuaram a ser mensageiros de Divinos, mas em esferas mais elevadas. Eles pertencem à Grande Fraternidade Branca, e continuam a auxiliar a humanidade, sempre que esta o deseja e permite. O trabalho dos Mestres é o de despertar o Amor Incondicional na consciência de cada um. O trabalho dos Mestres diz respeito ainda ao auxílio no ciclo de reencarnações.

O termo usado para os descrever define um grupo de Seres que alcançaram grande evolução espiritual, após diversas encarnações como seres humanos. O termo surgiu no século XIX, em 1877, nas obras da esoterista russa, Helena Blavatsky: The Mahatmas, Masters of Wisdom, Elder Brothers. São chamados de mestres porque orientam espiritualmente os seres que estão em busca de evolução espiritual na Terra; e ascensos, porque já encarnaram e evoluíram hierarquicamente, em direção à Luz, à ascensão espiritual. A ascensão diz respeito à busca de um Amor incondicional pela vida, numa quantificação mínima de 51% de Karma negativo, sendo que os outros 49% são equacionados em serviços de devoção à humanidade.

Estes regentes e Mestres, são também conhecidos como regentes dos 7 Raios, estando relacionado com o plano físico e cósmico, trabalhando em plena harmonia entre si na execução do Plano Divino. Cada Mestre é condutor de um Raio que é enviado ao planeta com finalidade de ajudar e de trazer grandes benefícios à humanidade.

As vibrações das esferas são tão sutis e delicadas que somente pouquíssimas pessoas são capazes de receber impressões com clareza suficiente para agir de acordo com elas. Quando os Mestres encontram, realmente, um recetáculo instruído, torna-se possível, para eles, transmitirem as suas mensagens para nos ajudar no plano terrestre.

Os Mestres trazem-nos imediatamente o que solicitamos, pois ao fazermos as invocações, estamos a ser um canal para que se consigam infiltrar no mundo das formas e irradiar toda Sua Luz e Poder. Cada um de nós, ao fazer qualquer uma destas invocações, pode considerar-se um trabalhador da Luz, um colaborador aqui na Terra, um canal, para que se instale a Harmonia e a Perfeição.

Veremos então, alguns destes Grandes Mestres:


PRIMEIRO RAIO – AZUL - EL MORYA


EL MORYA é o guardião do Primeiro Raio. O seu local sagrado está em Darjeeling, na índia. Ele representa a vontade de Deus, a sua cor é o Azul e sua melodia emana-se através da música Pomp and Circunstance, de Elgar.

As pessoas do primeiro Raio são muitas vezes fáceis de serem reconhecidas em relação às outras, pois emanam uma energia e força ilimitada. Elas criam e constroem, entram em ação, são líderes natos. 

No tempo do Mestre Jesus ele foi Melchior, um dos três sábios dos países do Oriente. Também foi o lendário Rei Arthur, bem como o humanista e estadista Thomas Morus, que escreveu A Utopia.

Quem tiver necessidade de energia, força, de resolver questões financeira, questões relacionadas com empregos, deverá invocar o Mestre El Morya, repetindo as frases: "EU SOU a força de Hércules, EU SOU a minha ilimitada força e poder. Nunca desanimo"

SEGUNDO RAIO - DOURADO - LANTO


O Segundo Raio, de cor dourada, é o raio do educador e do professor. O Mestre Ascensos LANTO foi, em tempos passados, um grande governante da China e fez a sua ascensão há muitos séculos. Depois conquistou o direito de assumir maiores encargos e foi assim que ele transferiu a custódia do seu Templo de Luz ao seu discípulo Confúcio, que, presentemente lá trabalha. Mas, no seu grande amor, o Mestres Lanto, resolveu ficar por aqui para ajudar a Terra, nesta época de crise.

Esta chama Dourada representa sabedoria, equilíbrio e iluminação. Deve-se sempre visualizar esta cor a envolver o nosso corpo, quando necessitamos dos atributos que ela pode nos dar.

TERCEIRO RAIO - ROSA - ROWENA

A Mestra ROWENA é a responsável pelo Terceiro Raio. Ele representa o Amor, tanto espiritual, como físico, a adoração, beleza e fraternidade. As pessoas que a ele pertencem amam a beleza em todas as formas de expressão e são amáveis e compassivas.

A Mestra Rowena está pronta para servir a todos que a procuram. Ela estimula, mantém e protege, não só os génios que já conseguiram alcançar o topo da escada, como também, igualmente, os humildes aspirantes que acabam de colocar os pés no primeiro degrau. Ela guarda o símbolo da Liberdade. O Foco de Luz da Chama da Liberdade guardada pela Mestra Rowena situa-se no sul da França, em Chateau Liberté, no plano físico. Como não poderia deixar de ser, a sua música é a "Maseillaise", em prol da Liberdade, desde aquele tempo da libertação da França.

Invoque-a para fortificar relacionamentos afetivos e ativar a chama interior da sua alma gémea. É a cor mais perfeita. Utilize-a sempre que necessitar emanar bons fluídos para alguém.

QUARTO RAIO - BRANCO - SERAPHIS BAY

É invocado para harmonia, paz, equilíbrio, ascensão, sob o Mestre Guardião SERAPHIS BAY. A sua proteção está subordinada a atual Chama da Ascensão de Luxor, Egito, que foi levada, por ele e outros devotos, para lá, antes de Atlântida submergir nas ondas do oceano.

As emanações de vida que pertencem a este raio, são geralmente, dotadas de talento artístico, com tendências para música, danças clássicas, teatro de óperas, pintura, escultura e arquitetura. Tais pessoas são quase sempre abençoadas com o poder espiritual e cheias de ânimo, além de possuírem o dom de "penetrar e ver através das coisas". A sua melodia- chave de reconhecimento é "Sonho de Amor" de Frantz Liszt.

QUINTO RAIO - VERDE - HILARION


Utiliza-se esta luz para a Verdade Eterna, saúde física, abundância e a concentração. o seu Mestre é HILARION. Na época da missão de Jesus, ele foi o apóstolo Paulo. O seu santuário está no campo etéreo, situado sobre a Ilha de Creta. A chama verde é curadora quer a um nível particular e físico, como a um nível geral e espiritual.





SEXTO RAIO - RUBI - JESUS - NADA

O Sexto Raio representa o dinamismo, coragem, força e deve também ser usado numa situação de emergência. O Mestre Jesus juntamente com o Mestre Kuthumi, foram os seus diretores até pouco tempo, até quando se elevaram a Instrutores do Mundo.

Hoje, a sua responsável é a MESTRA NADA, sendo o seu templo de iluminação  na América do Sul. A Mestra Nada foi noutra encarnação Maria, Mãe de Jesus.

Os anjos que pertencem ao Templo Rubi, recebem e enviam a essência divina aos suplicantes da Terra, em caráter de emergência. Por isso, recorremos a este Raio e à Mestra Nada nestas situações.
Costuma prestar-se homenagens a esta mestra do Raio Rubi, no início da Primavera, quando a natureza, aparentemente "morta", desperta para a vida.

SÉTIMO RAIO - VIOLETA -  SAINT GERMAIN

O Mestre SAINT GERMAIN realizou a sua ascensão no ano de 1684. É tarefa do Sétimo Raio instruir a humanidade de como conseguir através da Chama Violeta que traz a libertação, transmuta os seus erros, transformar-se e tudo recomeça. É o Raio da Transmutação, da Purificação e da Magnetização. É um instrumento cósmico e divino, usado pelas Ascensos Legiões da Luz, para libertar toda vida prisioneira.

Foi Sumo Sacerdote do Templo da Chama Violeta em Atlântida, foi o Profeta Samuel e também José, pai de Jesus. Também encarnou como o Mago Merlin, amigo e conselheiro do rei Artur que criou a Ordem dos Cavaleiros da Távola Redonda que tinha como grande objetivo a procura do Santo Graal e como Cristóvão Colombo, grande navegador que, superando a ignorância e o medo infundado dos europeus, descobriu a América, a Terra da Liberdade.

Neste momento, estamos a viver a nossa Encarnação de Ouro, mantemos o nosso livre arbítrio, embora a escolha seja clara: a luz ou as trevas. Toda essa hierarquia cósmica, estes seres maravilhosos e dentre eles, os Anjos, estão presentes como nunca, unicamente para nos ajudar.

O Possível do Impossível, entrevista a Natacha Moura

Natacha Moura

Olá! O meu nome é Natacha Moura, tenho 25 anos e de momento estou a terminar o Mestrado em Biologia Celular e Biotecnologia na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Sempre consegui conciliar o meu desenvolvimento espiritual com os estudos académicos e o ambiente científico, alias, esta tentativa de conjugação de dois mundos aparentemente opostos sempre foi um dos meus mais queridos objectivos de vida! Quando decidi seguir por um caminho ligado às ciências da vida, sempre foi minha intenção descobrir como é que a Vida tinha começado, se existe ou não alguma prova palpável da Criação Divina neste universo.

A vida acabou por me trazer também ao caminho de terapeuta, que faço com muito gosto e gratidão. Só quando iniciei este processo e que senti a comunhão total com o divino, como contam os místicos das várias religiões, servindo e ajudando os meus irmãos na Terra. A ascensão e a Nova Era devem ser levadas a todos, quanto mais gente estiver desperta para esta Luz mais fácil será a evolução de todos nós. 
Como terapeuta estou ligada ao Reiki, Cura com Cristais, Magnified Healing e leitura de cartas oráculos e tarot de luz, também tenho alguns cursos e sintonizações energéticas nas mesmas áreas. Felizmente estou a começar a conseguir conciliar a minha vida espiritual ligada ao paganismo e religiões da Terra com as novas terapias energéticas onde me iniciei mais recentemente.

Quando tinha 10 anos os meus avós levaram-me ao Santuário de Fátima para pagar uma promessa relacionada com a minha saúde na infância. Aí senti uma Energia completamente diferente de tudo o que conhecia, senti-me “em casa”. A partir desse momento tomei o Divino Feminino, na forma de Nossa Senhora de Fátima, como a minha imagem de “Deus”. Não tenho uma família católica tradicional, nunca frequentei a igreja ou catequese e por isso não tinha nenhuma ideia de como, ou o que era “deus”.
Mais tarde continuei o percurso no Divino Feminino, com as religiões neo-pagãs ligadas às Deusas, especialmente a Wicca, onde aprendi muitas coisas sobre magia, amuletos, talismãs, e tudo o que está relacionado com moldar a energia universal para manifestar os nossos desejos, sempre para o Bem de todos.
Mais tarde, com cerca de 21 anos e numa avalanche de problemas pessoais comecei a procurar auxilio noutras partes da espiritualidade, onde a Hay House (editora de livros sobre espiritualidade) tive uma grande influência. Comecei a procurar e investigar as técnicas de manifestação pessoal, meditação e mudança de consciência que nos chegam nesta nova era. Comecei também a entrar em contacto com os Seres Celestiais e Fadas, mais tarde também com os Mestres Ascensos.
Acredito que só quando o aluno está pronto é que o Mestre aparece, e em 2010-2011 fui finalmente iniciada em Reiki com a Mestre Joana Rita a quem agradeço esta nova etapa da minha vida.
Só depois desta última iniciação é que o meu trabalho como terapeuta começou, durante os mais de 10 anos anteriores em que mantive uma pratica espiritual sólida, estive sempre dedicada apenas ao meu desenvolvimento pessoal.

Sempre tive um poder de manifestação muito grande, a quem nunca dei muita importância porque era “normal”. Até te posso contar o segredo! Pensa no que queres uma vez, e não te preocupes mais com isso. Simples certo? Pois, às vezes não é! Outras vezes, é complicado porque isto funciona para coisas “boas” e “más”.

A intuição está intimamente ligada ao poder de manifestação. Sem a intuição e a nossa voz interior não conseguimos distinguir o que é melhor para nós nem qual a forma como o Universo a vai trazer para o nosso caminho. As coisas não nos caem ao colo (na maioria das vezes) por isso uma intuição apurada é fundamental. Desenvolver a intuição não é difícil, basta ouvir o nosso coração! Ele sabe todas as respostas e vai entrega-las facilmente. Mais uma vez, isto é uma “falsa facilidade” porque algumas pessoas não conseguem desligar o ego o tempo suficiente para ouvir o coração. Assim a meditação e o Reiki são técnicas valiosas para o desenvolvimento quer da intuição, quer do poder de manifestação.

A principal mudança que ocorreu quando comecei esta viagem, pensei que não fosse possível, foi a capacidade de perdoar e amar incondicionalmente, sabendo que os erros dos outros não são mais que ignorância e separação do Amor Divino que está em todos nós. A partir do momento que consegui perdoar sinceramente e libertar-me do peso dos sentimentos de injustiça consegui viver uma vida com muita paz e felicidade genuínas. No fundo, é isto que todos queremos, ser felizes.

Tenho um sentimento de gratidão imenso ao Dr. Wayne W. Dyer, escritor norte-americano que me passou, pelos seus livros, ensinamentos e programas de rádio, as lições de vida mais marcantes que alguma vez tive.

Outros ensinamentos muito importantes para mim foram os princípios do Reiki que tento aplicar a cada momento da minha vida:

Só por hoje, sou calma e tolerante
Só por hoje, confio na vida
Só por hoje, sou grata
Só por hoje, trabalho arduamente na meditação
Só por hoje, sou bondosa para todos os Seres.

Tenho principalmente dois canais de recepção de mensagens divinas, o primeiro é a clariaudiência e o segundo a clarividência. Isto não significa que consigo prever o futuro! Significa sim que recebo as minhas mensagens intuitivas por imagens e palavras. Apesar destes dois canais se complementarem actuam geralmente em alturas diferentes. Quando estou no meu dia-a-dia a intuição actua mais com palavras que são “sussurradas” ao meu ouvido ou colocadas como ideias na minha cabeça. Quando estou em meditação, recebo muitas imagens relacionadas com a situação em causa.

Tudo na vida requer treino e prática em algum nível, dependendo da pessoa e do tipo de trabalho. Lembro-me da minha iniciação de Reiki, onde me apareceu um grande livro quando estávamos a treinar a parte prática, eu não conseguia ler porque as letras estavam desfocadas! Nada se consegue sem um pouco de esforço e treino. Lembro-me também de saber algumas respostas intuitivas, mesmo em conversas comuns entre amigos, que geralmente justifico em tom de brincadeira com “ahh tenho um dedinho que adivinha”.

Uma história marcante?! Devia ter por volta de 14-15anos quando aconteceu. Foi um sonho muito intenso e vivido, daqueles que por momentos, depois de acordar, não conseguimos dizer se foi um sonho ou aconteceu mesmo! Um anjo apareceu e levou-me até ao Céu. Não era um anjo “comum”, como as imagens que temos. Estava vestido com peles mas tinha a luz branca característica dos anjos. Naquela altura eu nem acreditava em anjos, ou melhor, acreditava mas eles não faziam parte do meu caminho espiritual, logo não havia razão nenhuma para ter aquele sonho. O anjo mostrou-me o céu e disse que estavam em guerra e que a batalha tinha que ser ganha. Nada daquilo fazia sentido para mim, mas parecia tão real que quando acordei tinha a pulsação ao máximo e estava a transpirar imenso. Registei o sonho mas não pensei mais nele.

Depois da iniciação em Reiki e de trabalhar com os Seres Angélicos por algum tempo, resolvi em meditação pedir para que aquele anjo me explicasse o significado daquele sonho (passados 10anos estava tão vivo na minha memoria como no primeiro dia). O que me foi explicado é que aquele foi o momento em que decidi o meu caminho, já não estava “de férias” na Terra e eu, tal como muitos outros, estávamos a ser retirados da “reserva”, como soldados de luz.

Natacha

Be the change you want to see in the world.” Mahatma Gandhi

Por mais insignificantes que nos sintamos, temos que começar por nós para podermos mudar o mundo, um bocadinho, uma pessoa, um pensamento de cada vez.

28 de novembro de 2011

Sintonizações à Distância



 O que são e como funcionam as Sintonizações à Distancia?

A Sintonização ou Iniciação à Distância é mais uma ferramenta que nos foi passada para tornar determinadas terapias disponíveis para um maior número de pessoas.

Nos tempos que correm, muitas pessoas encontram dificuldade em frequentarem alguns cursos, por estarem distantes de um mestre habilitado ou pela carência de tempo. A prática de sintonizações à distância elimina a maioria das limitações, pois a distância deixa de ser um problema e o seminário será realizado conforme a disponibilidade de tempo do receptor. Felizmente, nos dias de hoje podemos tirar partido da tecnologia à nossa disposição para aproximar o Mestre e os Discípulos.

Nestas, o Mestre fornecerá um manual com todas informações pertinentes ao nível dentro da temática escolhida, assim como um certificado.

O manual poderá ser estudado antes da sintonização ou da cerimónia, e as dúvidas tiradas.

As Iniciações à Distância são cerimónias onde são realizados procedimentos energéticos que habilitam o iniciado a canalizar a energia proposta. Essas cerimónias são semelhantes às presenciais, diferenciando-se apenas pela distância física entre mestre/iniciado. A distância não interfere no processo, visto que a energia não reconhece tempo/espaço.

Se nós sabemos que com a intenção, entregamos o processo a Fonte do Energia Universal, então devemos confiar que essa mesma Fonte assegurará que tudo se passe exactamente como deve ser, seja nos tratamentos à distância, seja nas sintonizações à distância - e os factos não deixam lugar a dúvidas: milhares de praticantes têm sido sintonizados à distância, com eficácia e os seus relatos sobre a experiência vivida não são diferentes dos sintonizados presencialmente.

A intenção do Mestre em dar e a intenção do Iniciado em receber são suficientes para que tudo funcione eficazmente.

Algumas vezes, as pessoas que recebem esta Iniciação confirmam tratar-se de uma maravilhosa experiência e a maioria (conforme sua sensibilidade) sente-a como se o Mestre estivesse presente. Outras, simplesmente adormecem e recebem os ensinamentos neste estado de descanso.

Porque não temos conhecimento de determinadas possibilidades para uma técnica ou mesmo para a utilização de uma ferramenta, isso não significa que elas não sejam possíveis. Estamos em eterna e permanente evolução e isso é válido para tudo e todos, esse é o fluxo.

Os potenciais da Energia são ilimitados e, se há alguma limitação, somos nós que a determinamos e que a criamos. Tudo está em permanente evolução, e nós também estamos.

A distância já não é mais, um obstáculo. Sim, estamos interligados, como ondas num oceano de energia.

Lembrem-se: a limitação está na nossa mente.

Sintonizações Disponíveis:
  • Energia dos Mestres Ascensos
  • Reiki dos Anjos da Guarda
  • Sistema de Cura energética dos Unicórnios (brevemente)
  • Reiki das Fadas (brevemente)
  • Reiki das Chamas Sagradas (brevemente)
  • Sufi Reiki (brevemente)
Contribuição: 10€

22 de novembro de 2011

Reiki - Iniciação Nível 1


1 e 29 de Abril 2012
10h30 às 18h30
no Espaço Dourado - Torres Vedras

Dois dias, duas turmas

- Inscrições abertas  para dia 29 de Abril - 
1 de Abril - Inscrições Esgotadas

Uma iniciação é um termo que nos remete para um começo, para uma ascensão e transmutação.

O início de algo novo começa sempre com um primeiro passo. Se queremos mudar algo, devemos procurar bem dentro de nós e saber o que queremos mudar e o que precisa ser mudado, não só nos nossos corpos, mas também nas nossas almas.  

Ter o Reiki como nosso aliado nessa caminhada, é uma das melhores sensações que podemos ter.

Tenha coragem de abrir o seu casulo e de descobrir um novo mundo celestial!

Um mergulho ao mais profundo do seu Ser numa viagem pela Luz.

Contribuição: 65 euros

Todos podemos ser canais de energia Reiki. Basta querermos! O reikiano não é criado pelo Mestre: é apenas despertado por ele. Somos todos reikianos em potencial, uma vez que já nascemos com os canais. O Ser Humano pode ser comparado com uma instalação elétrica completa, cuja lâmpada não acende por estar desenroscada. O que o Mestre de Reiki faz, é enrosca-la para que comece a emitir luz!
A partir do momento da iniciação, abre-se na pessoa uma porta que transposta, a introduz a uma nova realidade. Abre-se um mundo totalmente novo, diferente que ao principio não acreditamos existir. Quando nos convertemos num canal Reiki, tornamo-nos num meio pelo qual a Energia Universal é conduzida. Reiki é uma energia de amor canalizada por intermédio do nosso chakra cardíaco. O iniciado converte-se num verdadeiro canal de energia e pode aplica-la sempre onde e quando quiser. Contudo, precisamos de ficar alertas para não permitir que este conhecimento venha a estimular negativamente o nosso ego, atrapalhando o nosso processo evolutivo.

Programa

O que é o Reiki
  • História do Reiki
  • Mikao Usui e seguidores
  • Expansão do Reiki para o Ocidente 
  • Cinco Princípios do Reiki  
  • Benefícios do Reiki 
A Visão Holística do Corpo Humano: Chakras e Aura


Técnicas na Terapia Reiki Nível I
  • Como nos tornarmos um canal de Reiki
  • Limpeza de Espaço
  • Técnicas de protecção espiritual durante a sessão de terapia Reiki
  • Os Guias de Reiki
  • Auto-aplicação de Reiki: preparação | métodos | posições
  • Intenções de Reiki
  • Os de 21 dias de limpeza energética
Ritual de Sintonização de Iniciação Energética Nível I de Reiki Essencial

Prática 


Meditações guiadas | Exercícios vivenciais | Partilhas com o grupo

Nota: Os iniciados receberão um manual, músicas e certificado de acordo com o nível em questão.

18 de novembro de 2011

Protecção contra sugadores de Energia - Para quando se sentir esgotado/cansado







  1. Visualize uma bolha de segurança à sua volta;
  2. Visualize agora uma luz branca brilhante (mais do que o Sol) a descer do topo da sua cabeça e a espalhar-se lentamente por si, envolvendo-o numa enorme bolha de luz intensa e radiante;
  3. Convide, mentalmente, os seus Guias Espirituais, entes queridos, Anjos de Luz e o Arcanjo Miguel, o anjo da protecção, a participar no seu dia, autorizando-os a guiarem-no e a protegerem-no sempre que necessário. Pode dizer: "Obrigado por me escudarem e protegerem hoje, numa bolha de Luz Branca, de toda a escuridão, negatividade e medo com que me possa cruzar. Por favor, impeçam que a negatividade toque em mim. Deixem que a minha luz branca volte a transformar toda a escuridão em Luz e Amor."



A criança ao fundo de nós


Viemos a este mundo com uma pureza inata, o que não significa que sejamos Seres Angélicos ou que não tenhamos maldade. Significa que nascemos com uma ligação pura ao nosso ser mais elevado e à Fonte, ao Universo, a Deus. É como se todos tivéssemos um cordão umbilical ligado a casa, através dos nossos corações.

Lembra-se de como se sentia quando era criança, antes de se munir de várias máscaras e armaduras para se proteger do mundo?

À medida que crescemos, o medo, a dúvida e a suspeita começam a abrir caminhos para a nossa mente, semeando desconfiança em nós. Quando deixamos de ouvir o nosso coração desconfiado, começamos a perder o contacto com o lugar de onde viemos: um lugar de amor puro, onde não existem julgamentos. Contudo, bem lá no fundo, sabemos que somos espíritos bons, bonitos e afectuosos.

Só por hoje, cultive a compaixão pela pessoa que é aqui e agora e complete o exercício abaixo. Comece a procurar no fundo de si e permita-se descobrir vários sentimentos e realidades diferentes. Não ignore mais o que o/a reprime e sinta-se, finalmente, feliz!

Exercício - No fundo, uma criança

Vá buscar uma fotografia sua de quando era recém-nascido, bebé e /ou criança. Sente-se com as fotografias que escolheu e observe-as durante algum tempo. Veja como se sente e analise:
  1. Como se sente em relação à menina(o) da fotografia? 
  2. Parece-lhe estranho ou familiar? Sente nostalgia, ternura, tristeza? 
  3. De que parte sente falta?
  4. O que lhe mudaria?
No final, lembre-se que aquela criança criou a pessoa que é hoje. Olhe-a nos olhos, diga-lhe que está tudo bem e abrace-a fortemente até que ela se funda consigo próprio.

17 de novembro de 2011

Meditação para a auto-estima


Esta é uma meditação de visualização que pode ser feita diariamente durante uns 10 minutos, para aumentar a auto-estima e confiança. É expansiva e curadora.

1) Feche os olhos e concentre-se no seu interior. Veja-se de pé, na margem de um lago de energia cor- de-rosa brilhante, rodeado de montanhas cobertas de neve. 


2) Caminhe lentamente para dentro do lago, até à água lhe chegar ao peito. 


3) Dobre os joelhos e flutue na água, deixando que a energia dela penetre. A água mantém-no a flutuar sem esforço. 


4) Imagine uma abertura na coroa da sua cabeça e deixe que a água cor-de-rosa entre por ela, para que percorra todo o seu corpo, saindo pelos pés. 


5) Divirta-se no lago o tempo que quiser. 

6) Regresse à terra, saindo o lago.

Arcanjo Gabriel


Os Arcanjos são o posto mais elevado na hierarquia das ordens dos anjos. São anjos que passaram com êxito em iniciações mais avançadas que o qualificam para comandar anjos menores e legiões angélicas. Os Arcanjos são sete, sendo o Arcanjo Gabriel um deles.

Cor – Branco
Raio – Quarto
Dia da Semana – Sexta feira
Chama – Direção Divina

O seu nome significa: "Homem de Deus". É o Arcanjo da Esperança, da Anunciação, da Revelação, sendo comumente associado a uma trombeta - é a Voz de Deus, o transmissor das boas novas. Gabriel e os seus anjos são os mensageiros das boas notícias, e ajudam-nos a dar bom rumo e direção à nossa vida, dando-nos compreensão e sabedoria. É a ele que recorremos quando necessitamos desses dons.
Da mesma forma que o calor irradiado por um aquecedor proporciona conforto ao vosso lar, as vibrações do pensamento, sentimento, palavras e atitudes de uma inteligência - Divina ou humana – influenciam a nossa atmosfera.

O Arcanjo Gabriel conserva a concepção original da perfeição da humanidade e está pronto a dar o seu auxílio a todos que o procurem.

Gabriel é um dos três anjos mencionados por nome na Bíblia (além de Miguel e Rafael). Apareceu ao profeta Daniel para explicar as visões do profeta relativas ao Messias (Daniel 8:16-26; 9:21). Apareceu a Zacarias no templo para anunciar a vinda do filho de Zacarias, João Batista (Lucas 1:11-20). A Anunciação a Maria foi feita pelo Arcanjo Gabriel (Lucas 1:25-38).

O Quarto Raio

No Quarto Raio serve o magnífico Arcanjo Gabriel, o "portador das boas novas". Ele transmite aos corações humanos a esperança e o entusiasmo por uma próxima melhora e o seu trabalho é potente, elevado, alegre e inspirador.                    
Este raio ocupa-se, principalmente, da construção de uma ponte sobre o abismo entre o intelecto exterior e o da divindade nata no homem. O Quarto Raio é o degrau da união da consciência externa dos não ascensionados com o Divino.

O que deve pedir

Dons Espirituais - Diretriz para a sua vida espiritual, que revelem o plano e propósito da sua vida, que dissolvam o desencorajamento e tragam alegria, felicidade e plenitude.

Ajuda principal – Para estabelecer ordem e disciplina na sua vida, organizar o seu ambiente físico, mental e emocional e redirecionamento da sua educação e carreira.

Atuação a nível mundial – Ajudam nas operações para a manutenção da Paz, distribuição de alimentos e auxílio médico, levando consolo às vítimas de desastres naturais.

Os anjos falam connosco sempre que procuramos escutá-los. Gabriel e os seus anjos ajudarão a compreender o plano que definiu para a sua vida antes do seu nascimento, com a ajuda do seu EU SUPERIOR e de outros seres espirituais. Uma das melhores técnicas para obter orientação dos anjos é pedir que transfiram informações para a sua mente enquanto dorme.

Apelo:

"EU SOU" A RESSURREIÇÃO E A VIDA
DE TODO BEM EM MINHA VIDA!
DE MINHA JUVENTUDE E BELEZA!
DE MINHA PERFEITA VISÃO!
DE MINHA PERFEITA AUDIÇÃO!
DE MINHA PERFEITA SAÚDE!
DE MINHA ILIMITADA FORÇA ENERGIA E ÂNIMO!
DO AMOR DIVINO!
DE MINHA INVENCÍVEL PROTEÇÃO!
DE MEU ILIMITADO FORNECIMENTO EM DINHEIRO!
DE TODAS AS COISAS BOAS!
DA LUZ DE DEUS QUE NUNCA FALHA!
DA PAZ E DA LIBERDADE SOBRE A TERRA!

Oração:

Portador das boas novas, das mudanças,
da sabedoria e da inteligência.
Arcanjo da Anunciação, trazei todos os dias
mensagens boas e otimistas.

Fazei com que eu também seja um mensageiro,
proferindo somente palavras e atos de bondade e positivismo.
Concedei-me o alcance de meus objetivos.

Que assim seja

15 de novembro de 2011

Meditação: o segredo para a saúde

 

Os cientistas estudam. Médicos recomendam-no. Milhões de americanos, praticam todos os dias. Porquê? Porque a meditação funciona..."- Revista Time

Muitos de nós vemos a meditação como uma prática espiritual que é reservada para os monges que vivem em mosteiros, mas na realidade, a meditação é uma prática simples e acessível que qualquer um pode apreciar e beneficiar. Quando você descobrir os benefícios de aprender a meditar (que irei colocar aqui ao longo dos dias) ou experimentar uma meditação guiada, descobrirá esta maravilha, não é de admirar que a meditação esteja cada vez mais popular.

A meditação é um método científico para penetrarmos nas camadas mais profundas do nosso ser. A sabedoria das várias tradições contemplativas remonta há muitos milhares de anos. Tem sido transmitida, através dos séculos, tanto no Oriente, como no Ocidente. Todos os seres humanos que, ao longo de vidas difíceis, pararam para procurar a sua verdade interior, meditando, rigorosamente com grande determinação, começaram uma busca fervorosa de uma vida mais feliz e mais preenchida. Meditar é ter poder que nos torna capazes de resistir a tudo.

A meditação constitui o meio mais extraordinário e poderoso para mudarmos a nossa vida para melhor. Ensina-nos a “domesticar” os pensamentos mais descontrolados e a flutuação das nossas emoções, dando lugar a uma maior clareza que permite à sabedoria instintiva e à intuição manifestar-se.

A arte da meditação é o método mais antigo para tranquilizar a mente e relaxar o corpo. A meditação é, em essência, um treino sistemático da atenção, concentração, escuta ou fluidez. Tudo depende de cada um e de como é encarada! Ela tem como objectivo desenvolver a capacidade de concentração e enriquecer nossa percepção. Talvez o principal efeito da meditação seja proporcionar ao seu corpo um repouso profundo, enquanto a sua mente se mantém alerta. Isto faz baixar a pressão sanguínea e diminuir o ritmo do coração, ajudando o corpo a recuperar. O repouso profundo propiciado pela meditação traz benefícios como o de reforçar o sistema imunológico que é a defesa do nosso organismo. Talvez o efeito mais importante da meditação seja a paz interior, um refúgio onde se pode escapar da turbulência do dia-a-dia.

A palavra meditação vem do latim, meditare, que significa voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior e voltar a atenção para dentro de si. Em sânscrito, é chamada dhyana, obtida pelas técnicas de dharana (concentração).

Há registos de práticas regulares que se assemelham à meditação, datadas de há milhares de anos. Nessas épocas, as práticas contemplativas eram utilizadas pelos sábios das várias culturas.

Há cerca de 4000 anos, os egípcios e os gregos tinham templos denominados de serapeum, onde as pessoas praticavam a incubação de sonhos, ou seja, a pessoa dormia no templo sujeitando-se a um ritual de jejum, banhos, unções e oração, na esperança de terem um sonho revelador que fosse, depois, interpretado pelos sacerdotes do templo.



No mundo tribal, vivia-se em grande comunhão com a Natureza. A forma primitiva de religião destas tribos incluía cerimónias e rituais com tambores e danças que conduziam a estados de êxtase e visões, através das quais o mundo dos espíritos se manifestava. Especialistas em estados de transe, os xamãs conseguiam comunicar, tal como na meditação. Também os monges e freiras, na Idade Média, nos mosteiros, dedicavam a sua existência de reclusão, jejum e celibato, à oração e à contemplação solitária, sendo esta uma forma de meditação.

Mas a meditação, na realidade, desenvolveu-se a partir da tradição hinduísta, que combinava o yoga com esta técnica. O físico, o mental e o espiritual eram unidos de forma harmoniosa, tornando-se um todo, integrando na energia cósmica.

Há vários tipos de meditação. É uma questão de se escolher o que melhor se adequa à nossa pessoa.

A meditação é um método científico para penetrarmos nas camadas mais profundas do nosso ser. A sabedoria das várias tradições contemplativas remonta há muitos milhares de anos. Tem sido transmitida, através dos séculos, tanto no Oriente, como no Ocidente. Todos os seres humanos que, ao longo de vidas difíceis, pararam para procurar a sua verdade interior, meditando, rigorosamente com grande determinação, começaram uma busca fervorosa de uma vida mais feliz e mais preenchida. Meditar é ter poder que nos torna capazes de resistir a tudo.

A meditação constitui o meio mais extraordinário e poderoso para mudarmos a nossa vida para melhor. Ensina-nos a “domesticar” os pensamentos mais descontrolados e a flutuação das nossas emoções, dando lugar a uma maior clareza que permite à sabedoria instintiva e à intuição manifestar-se.

Meditar sobre um determinado tema é concentrar-se nele; abstrair-se inteiramente na acção de pensar; impregnar todas as células do corpo - físico, espiritual e mental – do elemento sob o foco da meditação. E contemplar, ver a forma incorpórea de tudo que gerou o objecto da meditação. Enfim, é fundir-se inteiramente na sua essência e ser aquilo que se medita.

A mente é como um filtro que foi se cristalizando através de várias gerações, tendo como endurecimento final o tempo de nosso nascimento, nesta vida, até o momento presente. Esse filtro impede de vermos a realidade tal como ela é. Através dos filtros somente podemos ver aquilo que se passa, isto é, as imagens externas produzidas no veículo mental.

Quando presenciamos uma ocorrência qualquer, imediatamente passamos a analisar e julgar esse acontecimento de acordo com os filtros mentais.

A meditação é a única forma capaz de nos conduzir seguramente ao nosso interior, ao nosso inconsciente. Onde estão guardadas todas as informações referentes aos inúmeros ciclos de vida, a nossa primeira vida, às nossas diversas reencarnações e ainda passando pela história pessoal da nossa infância até este exacto instante. Desta forma,  inconsciente tornar-se consciente, a informação oculta torna-se compreensão e sabedoria.

A arte de meditar gera uma personalidade magnética e forte. Abre as porta para o conhecimento intuitivo e desabrocha os poderes latentes da alma. Ela coloca- nos em contacto com as inteligências atómicas do nosso mundo interior. Atrai à mente os pensamentos puros afins às vibrações superiores e faz-nos compreender o Todo por meio das partes, e os relacionamentos das partes entre si para a criação do Todo.

Padrões antigos de energia dissolvem-se, os centros energéticos equilibram-se, os corpos de energia alimentam-se e o fluxo suave de energia restabelece- se.

A meditação regular cria novos canais para circulação de energias, nova correntes nervosas, regenera os neurónios, infunde novos sentimentos pensamentos e acções. Por fim, a finalidade última da meditação é levar-nos ao êxtase.

As pessoas que começam a meditar pela primeira vez, acabam por descobrir que uma simples rotina de 5 minutos por dia faz uma grande diferença nas suas vidas.

Meditação, na sua expressão mais simples, é estar num estado “vazio”. Devido ao ritmo frenético que gere a nossa vida presentemente, sempre ocupadas e cheias de stress, ao sentarmo-nos e aquietarmo-nos, assim como ao nosso pensamento, que nunca cessa, muitas vezes entusiasmado pelas nossas emoções, a meditação consegue induzir-nos um estado de apaziguamento interior. Assim sendo, a nossa saúde mental e física melhora.

Está comprovado que a meditação comporta muitos benefícios para o indivíduo. A respiração profunda e controlada aumenta a transmissão de oxigénio ao organismo e acalma o sistema nervoso. Este aumento do fluxo respiratório e de sangue oxigenado, faz baixar o débito cardíaco, faz baixar a pressão arterial elevada, quase de forma imediata.

Meditar com regularidade ajuda a acalmar a cabeça do seu constante tagarelar, ajudando a tomar decisões mais eficazes. Controlar a mente e quaisquer reacções compulsivas, permite-nos ter uma perspectiva mais eficaz e clara das situações e faz desaparecer julgamentos impulsivos. A meditação é um instrumento poderoso no que diz respeito a aquietar as mentes egocêntricas e a lembrar-nos que temos de viver uma vida autêntica, mais serena e descontraída.

Ao oferecermos à nossa mente o tempo e o espaço para diminuir a sua hiperactividade, descobrimos que é motivado pelo próprio senso comum e sabedoria interior. Deste modo, aprendemos a agir com base numa realidade pessoal que é mais verdadeira, pois entra no domínio da intuição. Contudo, a intuição não se manifesta quando a mente está embrenhada em análises, críticas, julgamentos e percepções programadas.

As Fases da Mente em Meditação

Associação

O pensamento comum, é o estado natural da nossa mente, é o pensar associativo, um pensamento leva a outro, sem qualquer direcção da sua parte. O pensamento leva-o por si a outro por causa da associação.

Quando vemos um cão a atravessar a rua, por exemplo: no momento em que o vemos, a nossa mente começa a pensar em cães. O cão conduz o pensamento, e a mente faz muitas associações. Quando éramos crianças, se tínhamos medo de um cão em particular, esse cão vem à nossa mente e nossa infância também. Então os cães são esquecidos. E, apenas por associação, começamos a relembrar a infância, depois a infância continua ligada às outras coisas, e começamos a mover- nos em círculos.

Não existe conexão lógica, apenas uma associação na mente. Se eu tivesse atravessado a rua, o mesmo cão não me levaria à infância. Levaria a outra coisa qualquer. Todos temos elos associativos na mente, em qualquer corrente, qualquer acontecimento, qualquer acidente. Então a mente começa a funcionar como um computador. E uma coisa leva à outra, outra leva ainda a outra e por aí fora.

Contemplação

O pensamento torna-se contemplação, quando não acontece naturalmente através da associação, mas é dirigido. Quando estamos a trabalhar um problema em particular e isolamos todas as associações. Tratamos apenas daquele problema, e direccionamos a nossa mente.

A mente tentará novamente escapar, por qualquer outro lado, para alguma associação. E nós cortamos todos os atalhos, deixando apenas em aberto uma via. A mente move-se numa linha única, dirigida. Isso é a contemplação.

Concentração

Concentrar-se é permanecer focado num só ponto. Não é contemplação. Não é pensar, não é contemplar. Na verdade é estar num só ponto, sem permitir que a mente se mova. No pensar, a mente move-se sem parar. Na contemplação é conduzida, dirigida, não pode escapar para lugar nenhum.

Na concentração a mente não tem permissão para se mover, só podendo ficar num único ponto. A energia inteira, o movimento inteiro pára e fixa-se nesse ponto.

Meditação

No pensar comum, a mente tem permissão para se mover para qualquer lugar; na contemplação, apenas para uma direcção, todas as outras são eliminadas; na concentração, não tem permissão para se mover nem mesmo numa única direcção. Pode-se concentrar apenas num ponto. E na meditação, a mente nem é permitida. Meditação é “não mente”.

Esses são os quatro estágios, pensamento comum, contemplação, concentração e meditação. A mente é capaz de compreender a concentração. Mas não pode compreender a meditação.

14 de novembro de 2011

Crónicas de Lilia

Lilia conta:

Somos todos uma centelhas divinas do Universo: sem nós, o Todo não existia e sem ele, nós também não estaríamos cá. Ciclos e ciclos que fluem interligados entre si, que co-existem e se alimentam. Partes e partes de um Todo comum.

Não irei falar de mim. As minhas origens ou as minhas circunstancias não têm importância para o meu propósito, uma vez que maior parte da minha vida fui o que fizeram de mim e vivi na realidade que criaram para mim. Só há algum tempo é que consegui compreender que o conceito de verdade ou realidade absoluta não pode existir e que o que eu era e o que acreditava podia ser questionado e recriado. Foi para isso que comecei o meu caminho: um caminho solitário, necessário e sem volta atrás. Poderia sempre parar esse caminho e tentar retroceder. Era uma hipótese possível, contudo não para mim, não para as minhas circunstancias, não para o compromisso com o qual embarguei nele. É algo que tem de ser feito, uma escolha consciente e irrefutável, um chamado que não podia ser negado nem ensurdecido.

E assim, comecei o caminho, com o vento como companhia. Uma vez ouvi que uma das alegrias da vida, das maravilhas do mundo, é o som do vento nas árvores. É uma verdade. No caminho oiço muitas vezes o vento a fazer dançar as folhas das árvores: paro, escuto e olho para cima de mim. Apercebo-me de quão alto está o céu, de quão pequena sou e do espaço imenso que está a toda a minha volta. Vejo as folhas verdes ou castanhas a dançarem, tocando-se entre si. Por vezes, os raios de sol dança através delas e batem-me na cara; outras vezes, pingos de chuva ou de orvalho caiem na minha cara, em mim, à minha volta. Penso na paz interior… gostava de estar neste estado em qualquer lugar, em qualquer altura… de conseguir ver o tempo a parar naquele instante. Comecei a perceber que era um dos muitos momentos em que conseguia sentir a Paz e a Gratidão por fazer parte deste Todo. Estagnada, sinto o imensidão da terra debaixo dos meus pés, a infinidade do espaço por cima da minha cabeça, o poder da Natureza à minha volta e, acima de tudo, a sua presença. Sempre vivi rodeada pela Natureza e foram tão poucos os momentos em que senti a sua presença verdadeiramente. É incrível o inicio da tomada de consciência. É espantoso, tão grandioso e ao mesmo tão simples. Quando começamos a compreender algumas coisas que sempre ouvimos, tal como: “a vida é simples”; “as respostas estão dentro de ti”; “perceber a simplicidade da vida”.

Só por Hoje: Viver no Presente (Kyo dake wa)

O tempo, como o compreendemos, não existe. Tudo o que aconteceu está a acontecer: não há um antes, nem um depois, apenas um agora. Tudo existe neste mesmo momento e acontece de uma vez. Não há outro tempo para além do agora: o aqui e o agora é tudo o que existe.

O passado foi importante para que chegássemos até aqui, para que nos tornássemos quem somos. Cada pessoa que passou pela nossa vida, assim como as experiências que a vida nos trouxe, são importantes para o nosso crescimento. Porem, voltar ao passado é um gasto desnecessário de energia. O que fazemos hoje está relacionado com o que acontecerá amanhã. Podemos influenciar o futuro pelo modo como lidamos com o que está a acontecer agora.

Há pessoas que, em vez de viverem intensamente o momento presente, prendem-se ao passado ou projectam-se no futuro. A lembrança do passado rouba-nos metade do presente e a preocupação do futuro a outra metade. A lembrança das injurias dura mais do que a dos benefícios.

Um dos aspectos mais perturbadores do ser humano é a ansiedade, que é uma excessiva preocupação em relação ao futuro. A maioria das pessoas preocupa-se tanto com o futuro que não desfruta o presente. Quando focamos a nossa atenção no amanhã, desligamo-nos do momento presente, entrando em estado de ansiedade e preocupação. Não devemos deixar passar a vida entre os dedos. Devemos deixar o passado no passado, sem reclamar por ele, consciencializando-nos dos erros e aprendendo com eles.

Só temos sucesso na vida quando perdoamos os erros e as decepções do passado. O Reiki é amor. O amor, e não o tempo, cura todas as feridas. Perdoar é um acto de amor e sempre foi uma boa escolha. Contudo, não basta perdoar, é necessário esquecer.

A melhor maneira de nos programarmos para o futuro é a de concentrarmos toda a nossa imaginação e entusiasmo na execução perfeito do trabalho de hoje. O bem que fizemos hoje, será a nossa alegria de amanhã. Cuide do presente, do hoje, para ter um amanhã melhor. Seja uma pessoa que procura o aperfeiçoamento diário. Se vivermos um dia de cada vez, viveremos melhor todos os dias da nossa vida. Os Princípios do Reiki ensinam-nos a viver plenamente cada um dos momentos de todos os dias.

13 de novembro de 2011

A Visão Holística do Corpo Humano


 A partir das teorias de Albert Einstein houve uma evolução e nasce uma visão moderna no Ocidente: o conceito de holístico

Holístico é uma palavra que deriva do grego holos, que significa todo. A visão holística desmonta a teoria mecanicista newtoniana que apresentava o Universo comporto por átomos e enunciava cada fenómeno como resultado de um processo de causa/efeito, além de considerar que todas as reacções físicas têm na sua base uma só causa física.

Com a sua teoria da relatividade e com a equação E=mxC2, onde “E” é energia, “m” é a massa física e “C” a velocidade da luz, Einstein demonstrou que a massa e a energia são uma única realidade que se apresenta sob formas diferentes, contestando a visão newtoniana. Desta forma os nossos corpos deixaram de poderem ser comparados a uma estrutura mecânica que se monta e desmonta, passando a serem vistos como uma estrutura que se compõem por uma parte energética, espiritual e física que se mantêm unida graças a uma série de fenómenos que se encontram relacionados entre si e com o Universo em movimento. Enquanto que somos um grão de areia no Universo, este não existiria sem a nossa presença, pois somos uma das partes que forma o Todo. Esta é a visão holística.

10 de novembro de 2011

Meditação de Cura para dia 11.11.11



Aqui fica uma possibilidade:

1. Comece por fazer alguns minutos de silêncio.
2. Invoque a presença dos Mestres de Luz, dos Anjos, do Arcanjo Miguel e das legiões de anjos de Luz para iluminar, proteger e intensificar a luz no coração de casa Ser Humano.
3. Faça a Grande Invocação:

Desde o ponto de Luz na Mente de Deus,
Que aflua luz às mentes dos homens;
Que a Luz desça à Terra.
Desde o ponto de Amor no Coração de Deus,
Que aflua amor aos corações dos homens;
Que o Cristo retorne à Terra.
Desde o centro onde a Vontade de Deus é conhecida,
Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens;
O propósito que os Mestres conhecem e servem.
Desde o centro a que chamamos raça dos homens,
Que se cumpra o Plano de Amor e Luz,
E que se sele a porta onde mora o mal.
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.

4. Conecte-se com o seu coração, sentindo a sua pulsação e envie-lhe gratidão
5. Escolha uma música que sinta que tem uma energia que o/a conecta com o coração (por exemplo, músicas de harpa)
6. Visualize a energia dos chakras a fluir livremente e a luz do coração a expandir-se numa formosa luz dourada como o sol.
7. Entoe o Mantra OM por alguns minutos
8. Enquanto entoar o OM, continue conectado com a Luz do seu coração.

Outra opção:


Este Blog abraçou a “Casa que o amor construiu”


O CelestialCocoon é o mais novo parceiro virtual da Casa Ronald McDonald RJ        

A Casa Ronald McDonald-RJ acaba de ampliar seus horizontes no mundo virtual. A instituição, que hospeda crianças e adolescentes em tratamento contra o cancro no Rio de Janeiro, começou uma nova campanha na Internet. Após ter lançado uma Fã Page no Facebook, e revitalizado o Twitter, a CRM lançou uma acção junto aos principais blogueiros do país. O mote da campanha online será uma extensão do slogan tradicional: “A Casa que o amor construiu... a Internet abraçou!”. E a expectativa é conseguir conquistar, logo nos primeiros meses, ganhar cerca 1 milhão e meio de visualizações em blogs e sites desses novos parceiros.

A agência CMI, especializada em marketing digital, ficará responsável pela campanha, e começou o trabalho fazendo uma listagem dos maiores blogs do Estado do Rio, e mais influentes do Brasil. E o CelestialCocoon foi um dos seleccionados.

Sendo assim, aproveitamos a oportunidade para informar, que a partir de hoje, abraçaremos a CRM-RJ. Este nosso espaço ganhará o selo de “Blogueiro Responsável” da Casa Ronald McDonald RJ e convidamos a todos para também abraçarem a casa.

Apoie a casa seguindo e adicionando as redes da CRM:
Responsabilidade Social – Esse Blog abraçou a CRM-RJ  - Blogueiro Responsável

Reiki e Cura com Som

 

Sessão de Reiki

Ao receber Reiki numa sessão, o corpo receptor relaxa e o batimento cardíaco atinge o seu nível de repouso, assim como diminui a frequência respiratória. 

Os tratamentos libertam a tensão e algumas dores, fazendo com que as pessoas se sintam mais afectuosas, felizes e receptoras. 

A energia Reiki melhora o sistema imunitário, desintoxica, equilibra e amplia a nossa energia. Face à renovação constante dos nossos tecidos, a energia Reiki muda a estrutura química do corpo, ajudando a restaurar os músculos, os nervos, o esqueleto e a regenerar os órgãos. Age em tudo o que precisa de ser modificado no corpo físico e energético. Mas acima de tudo, a energia Reiki ajuda a libertar emoções bloqueadas, que muitas vezes são a fonte dos problemas físicos. 

Promove a calma e bem-estar, podendo atingir não só os problemas presentes, mas preocupações futuras e traumas do passado. Tirando todas estas benesses, o método Reiki é uma óptima escolha para se equilibrar todos os nossos 7 Chakras.

Terapias de Cura com Som

  •  Reconexão com a sabedoria interior
  • Conexão com a multidimensionalidade do Ser Humano
  • Limpeza, Harmonização e Equilíbrio do Ser 
  • Curas emocionais e prevenção de doenças 
O conceito básico e, quanto a mim sagrado desta corrente, é que “Ninguém cura o outro. A cura está dentro de cada um de nós.” 
Este não é apenas um conceito, mas uma verdade única e preciosa.


 
Contribuição

•    Reiki  – 40€ (espaços) ou 25€ (em espaço próprio)
(aprox. 60 min – Se for a primeira vez, acrescentar mais 10 a 20 min)

•    Cura Xamã com Som (aprox. 40 min) – 50€ (espaços) ou 30€ (em espaço próprio)

•    Cura Xamã com Som e Reiki – 55€ (espaços) ou 35€ (em espaço próprio)
(aprox. 80 min – Se for a primeira vez, acrescentar mais 10 a 20 min)


Disponibilidade

Dias úteis: das 13.30 às 14.30 e a partir das 18.30
Fins de Semana: Todo o dia

Sempre mediante marcação prévia

Marcações

Terapias em casa ou Espaço Próprio (Lisboa)
www.celestialcocoon.com
celestialcocoon@gmail.com
912336330

Terapia no espaço Xilua
Olival Basto | Odivelas
celestialcocoon@gmail.com
912336330
www.espaco-xilua.com

Terapia no espaço Be Beautiful
Praceta Prof. Alfredo de Sousa, Algés | Linda-a-velha
www.tobebeautiful.pt
tobebeautiful@sapo.pt
214 198 157

9 de novembro de 2011

Efeitos do Reiki Investigados



Ricardo Monezi testou o Reiki em ratos com cancro, na tentativa de se comprovarem os efeitos benéficos e até encontram explicações científicas nesta terapia.

Os seus praticantes acreditam nos efeitos benéficos da energia Universal canalizada pelas mãos do terapeuta, colocadas sobre o corpo do paciente contra doenças. Para entender as alterações biológicas do Reiki, o psicobiólogo Ricardo Monezi testou o tratamento em camundongos com cancro. “O animal não tem elaboração psicológica, fé, crenças e empatia pelo tratador. A partir da experimentação, procuramos isolar o efeito placebo”, diz. Para a sua pesquisa na USP, Monezi escolheu o Reiki entre todas as práticas de imposição de mãos por tratar-se da única sem conotação religiosa.

No processo, a equipa de investigadores dividiu 60 camundongos com tumores em três grupos. O grupo controle não recebeu nenhum tipo de tratamento; o grupo “controle-luva” recebeu imposição com um par de luvas preso a cabos de madeira; e o grupo “impostação” teve o tratamento tradicional sempre pelas mãos da mesma pessoa.

Depois do período experimental, os animais foram avaliados quanto à sua resposta imunológica, ou seja, a capacidade do organismo de destruir tumores. Os resultados mostraram que, nos animais do grupo “impostação”, os glóbulos brancos e células imunológicas tinham dobrado a sua capacidade de reconhecer e destruir as células cancerígenas.

“Não sabemos ainda distinguir se a energia que o Reiki trabalha é magnética, elétrica ou eletromagnética. Os artigos descrevem- na como ‘energia sutil’, de natureza não esclarecida pela física atual”, diz Monezi. Segundo ele, essa energia produz ondas físicas, que liberam alguns hormônios capazes de ativar as células de defesa do corpo. A conclusão do estudo foi que, como não houveram diferenças significativas nos grupos que não receberam o Reiki, as alterações fisiológicas do grupo que passou pelo tratamento não são decorrentes de efeito placebo.

A equipe de Monezi começou agora a analisar os efeitos do Reiki em seres humanos. O estudo ainda não está completo, mas o psicobiólogo adianta que o primeiro grupo de 16 pessoas, apresenta resultados positivos. “Os resultados sugerem uma melhoria, por exemplo, na qualidade de vida e diminuição de sintomas de ansiedade e depressão”. O trabalho faz parte da sua tese de doutorado pela Unifesp.

Estes não são os únicos trabalhos desenvolvidos com as terapias complementares: a psicobióloga Elisa Harumi, avalia o efeito do Reiki em pacientes que passaram por quimioterapia; a  acupunturora Flávia Freire constatou melhorias na ordem dos 60% em pacientes com apneia do sono tratados com as agulhas, ambas pela Unifesp. A quantidade pesquisas recentes sobre o assunto mostra que a ciência está cada vez mais interessada no mecanismo e efeitos das terapias alternativas.

(in Revista Galileu)

Xamanismo - Cura pelo Som


Já diz o ditado: “Quem canta seus males espanta

O Xamanismo é uma forma de vida muito antiga, que tem como objectivo o reencontro do Homem com a Natureza em todas as suas formas e toda a sua essência e o seu próprio mundo interior. A sua origem é um conjunto de ensinamentos milenares que vêm de tribos indígenas de todo o mundo.

O que se pretende é a compreensão do nosso ser como um Todo e o reencontro ou o reconhecimento da nossa essência verdadeira com a finalidade de atingir o equilíbrio de que precisamos para viver em Amor, Felicidade e em Paz.

O Xamanismo tem como objectivo base

     Reconexão com a sabedoria interior
     Conexão com a multidimensionalidade do Ser Humano
     Reconhecimento do Poder Pessoal
     Conexão com seres espirituais
     Limpeza dos Corpos físicos e subtis
     Limpeza de espaços
     Harmonização do Ser
     Conscencialização entre o nosso ser espiritual e a natureza do planeta
     Curas emocionais e prevenção de doenças físicas

O conceito básico e, quanto a mim sagrado desta corrente, é que “Ninguém cura o outro. A cura está dentro de cada um de nós.” Este não é apenas um conceito, mas uma verdade única e preciosa.

O Poder do Som

Os cânticos fazem parte de toda a história das religiões. Os cantos zens Budistas, Cantos Gregorianos, Salmos, Pontos de Umbanda e Candomblé, canções Evangélicas, etc. Segundo muitas tradições, os sons e a música possuem um profundo efeito psicofísico.

No caso específico do Xamanismo, as canções de poder acompanham as cerimónias para evocar espíritos guardiãos, espíritos de cura, para intensificar a energia, para alterar a consciência, permitir que a mente esteja livre de pensamentos indesejáveis ou para proporcionar visões.

Um som não é apenas um fenómeno acústico, pois ele influencia não só o órgão da audição, mas produz também outras manifestações físicas. A física conhece perfeitamente o efeito da ressonância que se pode manifestar em tudo, porque a estrutura da natureza é essencialmente vibratória.

Sabe-se, dentro do estudo da Física acústica, que um som produzido numa certa vibração cria uma onda que pode ser causadora de uma acção. Contudo, o que nos interessa aqui focar é a metafisica dos Sons e a sua interferência na mente humana, corpo fisico e no espírito.

Sabemos que os sons telúricos, obtidos por instrumentos de percussão podem trazer benefícios ao organismo vivo. No tratamento das doenças, sem sombra de dúvidas, o poder dos sons muitas vezes é mais eficiente do que o próprio poder das drogas químicas. Se os sons são pouco utilizados no tratamento das pessoas isto decorre do conhecimento ter sido parcialmente perdido há muitos séculos.

Acredita-se que os sons ricos em harmónicos ou hipertons carregam o córtex do cérebro e estimulam a saúde e o bem estar. Os harmónicos são os sons dentro de todos os sons, responsáveis pela cor ou o "timbre" do tom de um instrumento e das nossas vozes. O uso dos harmónicos como sons sagrados pode ser encontrado nas tradições xamânicas e místicas, particularmente no budismo tibetano e cantos mongóis e siberianos. Temos o exemplo dos "Oooooommm", "Aaaaameen" ou ainda “Aaaaallaaah” que representam estes resquisitos. Através deste formulário de entoação ocorre uma extraordinária ressonância no corpo físico e no cérebro.

Escutar as canções de monges tibetanos pode ser uma experiência transcendente. Os monges utilizam uma frequência fundamental, profunda, parecem quase inumanos, são como um rosnar de um animal selvagem. Pode ser acoplada com este tom uma voz muito mais elevada que soa como a um anjo cantando na harmonia.

Quando o cantor destes sons focaliza uma intenção de se fundir com o som sagrado, os resultados são extraordinários.

Os Xamãs cantavam para as árvores e para os animais para acalmá-los e também para remover o seu medo. Quando uma pessoa está emocionalmente stressada ou deprimida, os sons podem ajudá-la a curar-se. Ao ouvirem determinados sons, as suas células acalmar-se-hão e quando elas estiverem calmas e relaxadas, elas produzirão a substância de cura chamada serotonina que, se “esgotada”, traz a depressão, a ansiedade, etc…

Os xamãs cantavam para ajudar a curar doenças emocionais, fisicas e até ossos partidos. Usavam o canto também para quando alguem estava preparado para morrer, pois os tons ultrapassam a mente e vão directamente à mente superior que é sempre sublime e tranquila.

A doença é uma desarmonia vibracional dentro do corpo. A ressonância dos harmónicos vocais pode restaurar a harmonia no corpo e curar os seus males. Do ponto de vista fisiológico, os harmónicos vocais criam mudanças no batimento cardíaco, na respiração e nas ondas cerebrais da pessoa que os entoa (assim como de quem os ouve), alterando a consciência e fazendo com que o Xamã atinja um estágio no qual se torna receptivo a viagens espirituais. Certas partes do cérebro ressoam e são activadas por estes sons, liberando certas hormonas e activando processos neuro-químicos que propiciam estados alterados de consciência. Estes sons ou cânticos podem também expandir a nossa consciência mundana, trazer ensinamentos ocultos, acalmar, relaxar, etc.